segunda-feira, 22 de junho de 2009

Universidade de Verão


No próximo sábado, dia 27 de Junho, decorrerá em Lisboa a primeira Universidade de Verão da Associação Terra e Povo, que contará com a presença de vários oradores de diversos países. A recepção dos participantes será feita a partir das 10 horas e os trabalhos iniciar-se-ão às 10:30, prevendo-se que terminem às 17:30. As inscrições são limitadas e obrigatórias, devendo ser feitas por correio electrónico ou telefone. O preço é de € 30 e inclui almoço. Associados e estudantes beneficiam do preço reduzido de € 25.

domingo, 21 de junho de 2009

O dia mais longo


Solstício de Junho, instante ambíguo, marcado por uma espécie de mentira, como ele me perturba, me enerva, me agrada. Durante meses ainda, o ano vai parecer lançar-se para o seu zénite de calor e de esplendor, e, entretanto, tudo está pronto: os dias começam a encurtar. O Sol inclina-se, o Sol morre.

A vitória da roda solar não é somente a vitória do Sol, vitória do Paganismo. É a vitória do princípio solar, o que tudo faz girar (“a roda gira”, diz o povo). Vejo triunfar neste dia o princípio de que estou imbuído, que cantei, que com uma consciência extrema sinto governar a minha vida.

A alternância. Tudo o que está submetido à alternância. Quem o compreende, compreendeu tudo. Os gregos estão cheios disso.

Henry de Montherland

sexta-feira, 12 de junho de 2009

La Nouvelle Revue d'Histoire n.º 42

À venda nas bancas do nosso país está o número 42 da obrigatória «La Nouvelle Revue d’Histoire». O tema central é “1919-1939 Da esperança ao desastre”, em cujo dossier podemos encontrar artigos de Henry Bogdan, Bernaud Bruneteau, Jean-Claude Valla e Jean Bourdier, bem como uma entrevista com o historiador Stéphane Courtois e a cronologia de Philippe Conrad. Destaque ainda para a excelente entrevista com o Dominique Venner sobre o seu último livro “Ernst Jünger. Un autre destin européen”, dedicado ao grande mestre das letras alemão, que considera que “pela sua vida e obra, apresenta-nos um modelo em oposição absoluta com o que nos submerge e asfixia, um modelo que renova com as fontes mais autênticas da tradição”. A não perder, também, os artigos “O enigmático Alexandre I”, de Emma Demeester, e “De Gaulle, a França e a OTAN”, de Aymeric Chauprade, entre outros. Podemos ainda ler as entrevistas com Meinard Pizzinini, sobre Napoleão e o Tirol, e com François-George Dreyfus, sobre a França e a Alemanha. Como sempre, temos a crónica de Péroncel-Hugoz, desta vez sobre o sufismo, e as secções habituais.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

10 de Junho


A Associação Terra e Povo juntou 25 pessoas num almoço-convívio para celebrar o Dia de Portugal, que contou a presença de Eduardo Núñez, em representação da Tierra y Pueblo, que falou sobre o trabalho da sua associação em Espanha, bem como da importância do combate cultural a nível ibérico e europeu. De seguida falou o presidente da Terra e Povo e foi feita uma banca para venda de material.

terça-feira, 9 de junho de 2009

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Conferência em Roma

No âmbito da deslocação de uma delegação da Terra e Povo a Roma, realizou-se na CasaPound uma conferência intitulada "Portugal: dos fascismos à direita radical", que teve como orador o presidente da Associação, que contou com a tradução e intervenção de Gabriele Adinolfi e as palavras finais de João Roma.

À entrada da sala foi montada uma pequena banca da Associação, onde era possível comprar revistas, t-shirts e CDs.

Esta inicitativa lotou a sala, tendo várias pessoas que assistir de pé. Os presentes demonstraram grande interesse sendo bastante interventivos no debate que se seguiu. Houve muita curiosidade sobre a História de Portugal e nos seus movimentos políticos, bem como sobre a actualidade no nosso país, tendo no entanto vários deles bastantes conhecimentos na matéria. A conferência foi transmitida em directo pela Radio Bandiera Nera.